Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Procurando emprego? Saiba o que nunca dizer


Percebi que as matérias sobre Emprego são muito procuradas e bem-vindas pelos meus leitores.
Enquanto estudo Psicologia não tenho muito o que oferecer pra vocês a não ser algumas coisas de minha experiência como ouvinte e também como uma das milhões de pessoas que um dia já passaram pela busca de emprego em empresas bem conceituadas.

Meu objetivo é justamente essa área empresarial, e por isso quero aprender muitas coisas para dar auxílio a quem procura depois de formada. Hoje posso dizer que tenho garra e muita curiosidade em saber muitas informações, mas ainda não sou Psicóloga... apenas estudante de Psicologia.

Bom, mas o objetivo aqui é ajudar vocês e não ficar tagarelando sobre meus planos..rss


Atenção a essas dicas:


O que percebo, é que as pessoas tem muita sede de buscar algo e por isso, no momento de ser entrevistado abre "a gaita" e despeja todas as desilusões amorosas, trabalhistas e financeiras. O que pode, mas dentro de um consultório, né?! 

Enquanto está sendo entrevistado, procure responder o que lhe é solicitado. 
Não vou dizer para relaxar, pois não é nada tranquilo ser entrevistado sem se saber o verdadeiro intuito de uma entrevista e se você será o candidato escolhido no processo de seleção.

Nada de dizer que você trabalhou em "quinhentas" empresas e  que não te pagaram um bom salário e que as pessoas de lá eram chatas. Ta certo que até pode ter sido esse o motivo, mas quem é que vai contratar uma pessoa que fala mal do emprego que lhe deu oportunidade de trabalho e mal ou bem ajudou a comprar as roupas que você foi na entrevista nesse dia?! Quem, hein?!?

Já observou aquele candidato que fica com o telefone o tempo todo enquanto o grupo de pessoas passa pelo processo de seleção? E se for você? Melhor não fazer mais isso e ser adulto... pelo menos tentar ser para conquistar a vaga e ser um profissional exemplar.

Imagina falar mal da sogra no telefone, então?! Pesado....

Lembre-se: quem fala mal do amigo, fala mal do irmão do amigo que no final das contas fala mais de si do que imagina.

Se for para falar, que seja de maneira agradecida e elogiosa.

Chegar atrasada (o)  na entrevista nem pensar. Procure ser sempre pontual, pois isso demonstra competência e seriedade.

Falando em "seriedade" ta certo ser sério (a), mas não precisa ficar com cara de quem chupou limão com sal depois de escovar os dentes. Seja simpático (a).

Procure passar informações corretas e nada de inventar coisas. Se for pra inventar, melhor nem falar. Mentira tem pernas curtas.

Nunca se elogie, nem se menospreze ou rebaixe, pois você é capaz e não é igual a ninguém. A parte de ser elogiar não precisa, apenas faça por merecer. Se for contratado (a) aí sim é a hora de receber os elogios. Para isso, faça seu trabalho, não se envolva em intrigas ou fofocas e mantenha o foco. Elogios vem com bons frutos.


Muitas pessoas falam que fazem isso ou aquilo que "mudam o mundo de cor"...blá, blá, blá. Na hora do "vamos ver" a pessoa esquece e deixa por desejar o que, como consequência não fica no emprego. Cuidado com o que fala. Principalmente com o que pensa que o empregador vai pensar. Pois as pessoas pensam diferentes uma das outras. É aquela história do ângulo: se vejo um ponto do dado sobre a mesa, a outra pessoa pode estar vendo cinco pontos desse mesmo dado do outro lado da mesa. Lembre-se sempre disso.

O que falamos é nosso currículo também.

Em caso de dúvidas, pergunte. Não se ofenda, nem se castigue, nem fique calado (a) ou saia correndo. Perguntar sempre esclarece e resolve muita coisa na vida, sabia?! Principalmente na hora de fechar horários, salário... 

Falando em salário, se você não tiver claro o quanto a empresa oferece, pode perguntar sim. Mas não de cara, pois pode dar falsa impressão. Agora, referente a horários, é sempre bom deixar claro sua disponibilidade.

Vou dar uma dica que não é só de falar, mas sim de atitude. 

Procure não usar telefone com fones de ouvido no trabalho. Isso não é legal. Você não é mais criança, lembra? Tem juízo.


Está incomodado (a) com o trabalho?  Procure seu supervisor, seu gerente ou alguém responsável pelo seu setor. Sente e converse abertamente. Isso é legal, é sincero e faz o ambiente melhorar e até progredir. Pois o silêncio não resolve nada. E outra coisa: melhor a pessoa indicada do que o bloco inteiro do seu edifício, né?!

Já falei muito por hoje. volto em outra oportunidade pra falar um pouco mais de trabalho com vocês. Espero ter ajudado.









LEIA OS COMENTÁRIOS